ADMINISTRATIVO – Empresa francesa compõe quadro de acionistas da UHE Sinop

Desde dezembro de 2014 a EDF é detentora de 51% das ações da CES, que tem a concessão da Usina para implantá-la e operá-la por 35 anos

foto: Assessoria de Imprensa

Mauro Santos é o novo diretor da CES, indicado pela EDF, e ficará responsável por toda a área administrativo financeira do Empreendimento (foto: Assessoria de Imprensa)

A maior empresa produtora e distribuidora de energia do mundo, Électricité de France (EDF), compõe oficialmente o quadro de acionistas da Companhia Energética Sinop (CES), a concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. No dia 11 de dezembro de 2014 a EDF Norte Fluminense (braço brasileiro da EDF) assumiu 51% das ações da CES.

Logo após o leilão que concedeu à CES o direito de implantar e operar a UHE Sinop por 35 anos, uma das acionistas do consórcio decidiu pela saída, então, a Companhia efetuou consulta pública para captação de novo sócio, tendo sido a EDF a selecionada, por atender satisfatoriamente todos os requisitos da consulta. A entrada da EDF se deu somente após a autorização de todos os órgãos governamentais competentes envolvidos no processo. Portanto, hoje, a CES, que é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), é constituída, pelas estatais Eletronorte e Chesf e pela EDF.

De acordo com o diretor Administrativo Financeiro da CES, Mauro Santos, no âmbito de execução do projeto nada mudará. Fundada em 1946, a EDF emprega hoje aproximadamente 160 mil pessoas, contingente maior que o total de habitantes de Sinop. “Para mim foi um prazer ter sido convidado a fazer parte de um Empreendimento como a UHE Sinop. Temos aqui excelentes equipes trabalhando para que a implantação da Usina seja um marco para a região”, comemora o diretor Mauro Santos.

A Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop está sendo implantada no Rio Teles Pires, região Norte do Estado de Mato Grosso, a cerca de 70 quilômetros (km) de Sinop. As obras localizam-se nas áreas dos municípios de Cláudia (margem direita) e Itaúba (margem esquerda). O reservatório da Usina abrangerá, ainda, os municípios de Sinop, Ipiranga do Norte e Sorriso. O acesso se fará a partir da rodovia BR-163.

Com investimentos na ordem de R$ 1,8 bilhão, a construção da UHE Sinop irá gerar mais de três mil empregos diretos. Com potência instalada capaz de gerar 400 megawatts/hora (MWh) de energia, a UHE Sinop terá eletricidade para atender cerca de 1,6 milhão de brasileiros.

Assessoria de Imprensa

EnglishFrenchPortuguese