DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES ENGENHEIRAS – Conheça as profissionais que contribuem para excelência da Sinop Energia

O time de engenheiras da Sinop Energia mostra que engenharia também é lugar de mulher. No Dia Internacional das Mulheres na Engenharia (23), três profissionais da empresa compartilham suas histórias de sucesso e excelência técnica na atuação do setor elétrico, desenvolvendo atividades em uma profissão historicamente ocupada por homens.

“A Sinop Energia está comprometida com a diversidade e a equidade de gênero em todas as suas atividades, pois entende que só assim contribui para um ambiente de trabalho que promove o crescimento e a inclusão”, afirma Vera Rett, diretora financeira e de relações com investidores da empresa.

Juliana Marestoni – Engenheira Florestal

Para Juliana Marestoni, engenheira florestal da companhia há sete anos, a visão em relação ao trabalho das engenheiras melhorou muito desde que se formou em 2013. “Fico feliz em ver que meu o meu trabalho é reconhecido. Me sinto confortável para discutir e produzir materiais sem que questionem o meu conhecimento apenas por ser mulher. Além disso, é inspirador ver mulheres conquistando cargos de liderança na companhia”, afirma Juliana. A engenheira participou da implantação da usina, e agora atua no projeto de reflorestamento das áreas de Área de Preservação Permanente (APP) do entorno do reservatório, acompanha a produção do viveiro de mudas e em programas de meio físico, analisando a presença de sedimento na água.

Ana Teresa – Engenheira Ambiental

Para conquistarem o espaço que ocupam atualmente, foi necessário encarar desafios na vida profissional e pessoal. É o caso da engenheira ambiental Ana Teresa. “Abri mão de um casamento que não compreendia que eu, sendo mulher, também queria correr atrás dos meus sonhos e construir uma carreira. Não me arrependo de nada e hoje sou muito apaixonada pelo que faço, busco o melhor não só para mim, mas para a empresa como um todo”, conta Ana, que trabalha há mais de 10 anos no setor elétrico. Na Sinop Energia, a engenheira é responsável pelo acompanhamento da execução de programas socioambientais, como monitoramento limnológico e de qualidade da água, gerenciamento de resíduos, prospecção e resgate do patrimônio arqueológico e participa da gestão de documentos e licenças ambientais.

Paula Aliberti – Engenheira Florestal

Formada também em Matemática, a engenheira florestal Paula Aliberti se prepara para concluir mais uma faculdade, a de Direito. Ela usa o seu talento, trabalhando com georreferenciamento na Sinop Energia. “A produção dos mapas é importante para a fiscalização patrimonial. Desta forma, observamos invasões no entorno do reservatório, que são proibidas conforme a legislação, utilizando drones, imagens de satélites e visitas no local. Outro beneficiado é o Plano de Recuperação de Áreas Degradadas, onde geramos mapas para planejamento de produção de mudas e acessos até os locais de plantio”, comenta Paula. Nos desafios cotidianos da profissão, Paula e as outras engenheiras da Sinop Energia encontram apoio umas nas outras para exercerem juntas o trabalho com excelência. “Nós três compartilhamos experiências e temos um elo muito bonito. Temos coragem e não desistimos do que gostamos de fazer”, conclui.

EnglishFrenchPortuguese