ASSENTAMENTOS – Sebrae realiza Diagnóstico de Expectativa para fomento da economia

Trabalho foi realizado com 185 produtores de seis associações em dois assentamentos da área de influência da UHE Sinop

foto: Assessoria de Imprensa

Sebrae irá validar com os produtores quais as necessidades em relação a ações de fomento da economia (foto: Assessoria de Imprensa)

Uma equipe técnica do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Sinop realizou, no mês de maio, um diagnóstico de campo para levantamento de expectativa em dois assentamentos da área de abrangência da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. O trabalho foi desenvolvido com o Projeto de Assentamento (PA) Wesley Manoel dos Santos (Gleba Mercedes V), em Sinop, e o Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) 12 de Outubro, em Cláudia.

De acordo com o gerente da agência do Sebrae em Sinop, Volmir Contreira, o diagnóstico foi realizado por amostragem, com 185 produtores de seis associações entre ambos assentamentos. O objetivo é mapear qual a necessidade ou aptidão dos produtores em relação a ações de fomento da economia dentro do assentamento, isto é, definir se a melhor opção é agroindústria, bacia leiteira ou fruticultura, por exemplo.

“Esse diagnóstico é feito com base na realidade e necessidade individual de cada associação, levando-se em consideração o interesse dos produtores, atividades que eles gostariam de trabalhar, mas também tendo o cuidado de avaliar a viabilidade técnica, econômica e financeira das atividades a serem definidas”, explica. Até o final desse mês, a equipe do Sebrae deve validar as informações coletadas junto aos assentados. “Vamos realizar reuniões para apresentação e validação junto aos associados, quanto as principais atividades identificadas como de interesse dos produtores, e das opções levantadas no diagnóstico, definir até três segmentos com potencial a ser trabalhado e desenvolvido de acordo com a realidade deles”, salienta.

Após a validação, o Sebrae irá apresentar propostas à Concessionária da UHE Sinop, a Companhia Energética Sinop (CES), de ações a serem desenvolvidas junto aos produtores para o fomento da economia nos assentamentos, como continuidade deste trabalho inicial feito por meio do diagnóstico. De acordo com a diretora de Meio Ambiente da CES, Ana Brígida Cardoso, alguns segmentos foram identificados como preferenciais para serem fomentados pelos produtores. “Além da bacia leiteira, agroindústria e fruticultura, também foram identificadas como áreas de interesse a piscicultura, farinheira, produção de doces e pães e até mesmo artesanato. A partir de agora poderemos avaliar as possibilidades de ações a serem desenvolvidas em parceria com o Sebrae, como consultoria em produção, certificações ou comercialização”, explica.

Os assentamentos estão em dois dos cinco municípios da área de abrangência da UHE Sinop. Além de Sinop e Cláudia, o reservatório irá envolver áreas de Sorriso, Itaúba e Ipiranga do Norte. A Usina está sendo construída no rio Teles Pires, a 70 km de Sinop.

Assessoria de Imprensa

EnglishFrenchPortuguese