CLÁUDIA – CES assina ordem de serviço para reforma de escola

Ação da UHE Sinop, que custará mais de R$ 1 milhão, faz parte do Programa de Apoio aos Municípios

Reforma inclui troca de telhado, portas, janelas e piso de todo o prédio (foto: Assessoria de Imprensa)

Reforma inclui troca de telhado, portas, janelas e piso de todo o prédio (foto: Assessoria de Imprensa)

A diretoria da Companhia Energética Sinop (CES) assinou, nesta quinta-feira (24), a ordem de serviço para reformar a Escola Municipal de 1º Grau Daniel Titton, no município de Cláudia, que está inserido na área de abrangência da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop.

Conforme a ordem de serviço, o valor da reforma será de R$ 1,08 milhão e a construtora, selecionada por meio de licitação realizada pela CES, terá um prazo de 120 dias para concluir toda a reforma, que inicia já nesta segunda-feira (28).

O projeto determina a troca de toda a cobertura do prédio, de todo o piso, das portas e janelas (que serão substituídas por blindex), reforma dos banheiros, da fiação elétrica, além de pintura. Como explicou o prefeito de Cláudia, João Batista, inicialmente a Secretaria Municipal de Educação havia elaborado um projeto apenas para troca do telhado e pintura da escola, que custaria R$ 663 mil. Porém, o projeto apresentado pela Prefeitura e adequado pela CES, quase dobrou esse valor e contemplará a instituição com uma reforma completa.

“A CES se sensibilizou com a situação do prédio, que está mesmo muito depreciado, e se comprometeu em atender a todas as necessidades. Praticamente, somente as paredes não serão mexidas. Essa obra vai mudar toda a história da escola, uma obra que era um sonho dos nossos alunos, dos professores, de toda a comunidade”, disse o prefeito.

A escola foi inaugurada no ano de 1991 e nunca recebeu qualquer reforma. Hoje, atende 900 alunos no Ensino Fundamental, com 40 professores e 70 funcionários ao todo. Como a obra irá ocorrer durante o ano letivo, uma das exigências da CES para com a construtora foi em relação a segurança dos alunos, como explica o diretor de Engenharia e Financeiro da CES, José Piccolli. “O cronograma para esta obra foi definido de maneira que a reforma vá acontecendo por etapas, isolando as alas onde haverá intervenção, aos poucos, e garantindo que as crianças não tenham acesso ao local das obras, prevenindo contra possíveis acidentes. Assim, a reforma será concluída ainda esse ano e os alunos ainda em 2014 poderão desfrutar do novo prédio”.

Esta é a primeira obra executada pela CES e faz parte do Programa de Apoio aos Municípios, constante no Projeto Básico Ambiental (PBA) da UHE Sinop. O diretor de Fornecimento Eletromecânico, Meio Ambiente e Gestão da Companhia, Severino Moraes, explica que o município ainda será compensado com outras melhorias. “Essas ações fazem parte do processo de implantação da Usina e irão contemplar todos os cinco municípios [Cláudia, Sinop, Sorriso, Ipiranga do Norte e Itaúba] envolvidos, de maneira que cada ação respeite e atenda às necessidades específicas de cada cidade”, salientou.

Assessoria de Imprensa

EnglishFrenchPortuguese