EDUCAÇÃO PATRIMONIAL – UHE Sinop realiza exposição e oficinas para professores e alunos

Exposição realizada em Sinop retrata o patrimônio edificado, manifestações festivas e celebrações, o saber fazer da tradição e cultura mato-grossense e práticas culturais sulistas presentes no Estado

OBRA CIVIL

Durante a exposição, também serão realizadas oficinas com professores dos cinco municípios envolvidos pela UHE Sinop (foto: Assessoria de Imprensa)

A Companhia energética Sinop (CES), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop, realiza nos dias 22 e 23 de setembro, a exposição “Entre a história e a memória: tradições mato-grossenses e sulistas”. Uma ação que faz parte do Programa de Prospecção e Resgate do Patrimônio Arqueológico e Educação Patrimonial – inserido no Projeto Básico Ambiental (PBA) da Usina, o evento será realizado no Centro de Formação de Professores (Cefapro), das 8h às 17h.

A exposição trata dos bens acautelados, valorados e registrados em Mato Grosso. Sob a recomendação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e executado pela Archaeo, empresa contratada pela CES para implantação do Programa, o evento tem como objetivo promover um debate a respeito da importância de se preservar o patrimônio cultural do Estado.

De acordo com a antropóloga e educadora patrimonial da Archaeo, Gláucia Péclat, a exposição apresenta painéis que irão retratar o patrimônio edificado, manifestações festivas e celebrações, o saber fazer da tradição e cultura mato-grossense e práticas culturais sulistas presentes no Estado. “O objetivo é mostrar ao público a identificação de grupos da região, suas vestimentas, material arqueológico, artefatos indígenas, fósseis, tudo o que conte a história local, despertando, assim, a curiosidade para o que o passado diz sobre as famílias que viveram aqui há milhares de anos”, salienta.

Durante a exposição, também serão realizadas oficinas com alunos do Projeto de Assentamento (PA) Wesley Manoel dos Santos, a Gleba Mercedes V em Sinop; do Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) 12 de Outubro em Cláudia; e com os professores dos cinco municípios envolvidos pela UHE Sinop – Cláudia, Ipiranga do Norte, Itaúba, Sinop e Sorriso – com o intuito de transformá-los em multiplicadores que levarão para as salas de aulas as discussões sobre o tema. “A proposta é levantar as questões sobre as práticas culturais e valores tradicionais da nossa história, para levar os professores a discutirem em sala de aula a temática do patrimônio cultural de Mato Grosso. Os professores são multiplicadores dessas informações para seus alunos, que passarão aos pais e assim por diante”, explica a antropóloga.

A diretora de Meio Ambiente da CES, Ana Brígida Cardoso, explica que a exposição é o resultado de trabalho que já vem sendo desenvolvido no âmbito do Programa de Prospecção e Resgate do Patrimônio Arqueológico e Educação Patrimonial. “Levar esse resultado, passar esse conhecimento à sociedade, é fundamental para que cada vez mais tenhamos pessoas apoiando e ajudando a preservação da história brasileira e especialmente da região”, salienta.

Assessoria de Imprensa

EnglishFrenchPortuguese