ASSENTAMENTOS - Sebrae realiza Diagnóstico de Expectativa para fomento da economia

Publicado em 31 de Agosto de 2017 ás 13h 11min

Trabalho foi realizado com 185 produtores de seis associações em dois assentamentos da área de influência da UHE Sinop

foto: Assessoria de Imprensa

Sebrae irá validar com os produtores quais as necessidades em relação a ações de fomento da economia (foto: Assessoria de Imprensa)

Uma equipe técnica do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Sinop realizou, no mês de maio, um diagnóstico de campo para levantamento de expectativa em dois assentamentos da área de abrangência da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. O trabalho foi desenvolvido com o Projeto de Assentamento (PA) Wesley Manoel dos Santos (Gleba Mercedes V), em Sinop, e o Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) 12 de Outubro, em Cláudia.

De acordo com o gerente da agência do Sebrae em Sinop, Volmir Contreira, o diagnóstico foi realizado por amostragem, com 185 produtores de seis associações entre ambos assentamentos. O objetivo é mapear qual a necessidade ou aptidão dos produtores em relação a ações de fomento da economia dentro do assentamento, isto é, definir se a melhor opção é agroindústria, bacia leiteira ou fruticultura, por exemplo.

“Esse diagnóstico é feito com base na realidade e necessidade individual de cada associação, levando-se em consideração o interesse dos produtores, atividades que eles gostariam de trabalhar, mas também tendo o cuidado de avaliar a viabilidade técnica, econômica e financeira das atividades a serem definidas”, explica. Até o final desse mês, a equipe do Sebrae deve validar as informações coletadas junto aos assentados. “Vamos realizar reuniões para apresentação e validação junto aos associados, quanto as principais atividades identificadas como de interesse dos produtores, e das opções levantadas no diagnóstico, definir até três segmentos com potencial a ser trabalhado e desenvolvido de acordo com a realidade deles”, salienta.

Após a validação, o Sebrae irá apresentar propostas à Concessionária da UHE Sinop, a Companhia Energética Sinop (CES), de ações a serem desenvolvidas junto aos produtores para o fomento da economia nos assentamentos, como continuidade deste trabalho inicial feito por meio do diagnóstico. De acordo com a diretora de Meio Ambiente da CES, Ana Brígida Cardoso, alguns segmentos foram identificados como preferenciais para serem fomentados pelos produtores. “Além da bacia leiteira, agroindústria e fruticultura, também foram identificadas como áreas de interesse a piscicultura, farinheira, produção de doces e pães e até mesmo artesanato. A partir de agora poderemos avaliar as possibilidades de ações a serem desenvolvidas em parceria com o Sebrae, como consultoria em produção, certificações ou comercialização”, explica.

Os assentamentos estão em dois dos cinco municípios da área de abrangência da UHE Sinop. Além de Sinop e Cláudia, o reservatório irá envolver áreas de Sorriso, Itaúba e Ipiranga do Norte. A Usina está sendo construída no rio Teles Pires, a 70 km de Sinop.

Assessoria de Imprensa

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.