LEISHMANIOSE E MALÁRIA - Programa de Saúde pública monitora vetores

Publicado em 30 de Agosto de 2017 às 11h 19min

ÁREA DE INFLUÊNCIA

Técnico realiza coleta de água para verificação da existência ou não de larvas do mosquito transmissor da Malária (foto: Assessoria de Imprensa)

A equipe da empresa Juris Ambientis, contratada pela CES para executar o Programa de Saúde Pública da UHE Sinop, realizou no final de fevereiro a segunda campanha de monitoramento de mosquitos (Culicidae), principalmente os vetores de malária, e flebotomíneos (Psychodidae, Phlebotominae), vetores das leishmanioses. O objetivo do monitoramento é identificar as espécies potenciais vetoras e adotar medidas de prevenção e controle dessas doenças na área de influência do Empreendimento.

Nessa primeira etapa as coletas de insetos tiveram a duração de uma semana, e contemplaram os cinco municípios da área de abrangência da UHE Sinop, tanto no período diurno como noturno. Foi realizada a pesquisa de larvas de mosquitos, o cadastro de potenciais criadouros e a coleta de mosquitos adultos.

Assessoria de Imprensa

Aviso de Cookies
Nós e terceiros selecionados usamos cookies ou tecnologias semelhantes para fins técnicos e, com o seu consentimento, para outros fins, conforme especificado na Política de Cookies. Negar o consentimento pode tornar os recursos relacionados indisponíveis. Você pode consentir com o uso de tais tecnologias usando o botão “Aceitar”.