RESERVATÓRIO - UHE Sinop implanta estação de monitoramento sismológico

Publicado em 31 de Agosto de 2017 ás 13h 08min

Estação está instalada próxima ao canteiro de obras e monitoramento será de ocorrências antes e após o enchimento do lago

foto: Assessoria de Imprensa

Estação irá monitorar as possíveis atividades sísmicas da região de abrangência do futuro reservatório da Usina (foto: Assessoria de Imprensa)

Está em funcionamento desde o último início desse mês de junho a estação sismológica da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. Instalada em um ponto estratégico, a uma distância de aproximadamente sete quilômetros do canteiro de obras, essa estação irá monitorar as possíveis atividades sísmicas da região de abrangência do futuro reservatório da Usina.

Conforme o geofísico do Observatório Sismológico (Obsis) da Universidade de Brasília (UNB), responsável pelos estudos, Juraci Carvalho, a estação foi instalada antes do enchimento do reservatório para que seja possível fazer um comparativo da possível ocorrência de atividades sísmicas nessa fase e depois do enchimento. “Esse trabalho é comum durante o processo de construção de usinas hidrelétricas”, completa.

O coordenador dos Meios Físico e Biótico da Concessionária da UHE Sinop, a Companhia Energética Sinop (CES), Paulo César Sado, explica que este monitoramento sismológico será contínuo ao longo das etapas de implantação e operação do Empreendimento. “Cabe registrar, no entanto, que os resultados desse monitoramento nos primeiros anos de operação da UHE Sinop possibilitarão a avaliação da necessidade ou não de sua continuidade ao longo de toda a vida útil do Empreendimento”, complementa, informando que essa ação está prevista no Programa de Monitoramento Sismológico do Projeto Básico Ambiental (PBA) da UHE Sinop.

Assessoria de Imprensa

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.