Sinop Energia instala placas de sinalização que indicam, diariamente, os riscos de incêndio no entorno de seu reservatório

Publicado em 21 de Junho de 2022 às 08h 36min

Em continuidade às ações preventivas e previstas no Plano de Contingência de Incêndios Florestais da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop, foram implantadas placas sinalizadoras indicando o risco de perigo de incêndios florestais em áreas próximas ao reservatório.

Ricardo Padilha, diretor-presidente da empresa, relata que essa é mais uma ação entre outras já realizadas pela UHE Sinop no combate e prevenção de incêndios na região.

“A Sinop Energia se mantêm comprometida com as práticas ambientais e a instalação das placas vem a complementar toda uma estrutura de combate e prevenção que já está em execução, como a formação e atuação da Brigada de Incêndio, construção de aceiros e conscientização da população nas zonas urbana e rural das cidades”, detalha Padilha.

As informações contidas nas placas indicam o resultado de um monitoramento diário realizado por meio de dados climatológicos e imagens de satélite. A Sinop Energia, também como medida preventiva, realiza o monitoramento de focos de calor, com o auxílio da ferramenta de monitoramento por imagem satélite do INPE e, assim, são gerados relatórios que são encaminhados para os órgãos ambientais.

Segundo André Vasques, gerente de Meio Ambiente da empresa, trata-se de uma ação de conscientização e prevenção.

“Estamos entrando em um período crítico na região com relação a ocorrência de incêndios. As placas têm o objetivo de informar para a população o índice de perigo de incêndio, para que todos possam tomar os devidos cuidados com relação ao fogo e às práticas que podem provocar incêndios”, explica.

A empresa também possui um programa de comunicação, onde é feita a divulgação de informativos em rádio, websites e redes sociais, para a conscientização da população sobre os riscos de incêndio, com a divulgação de canais da Sinop Energia que podem ser acionados em caso de focos de incêndio.

PERÍODO PROIBITIVO

Por meio do decreto 1356 de abril de 2022, o Governo de Mato Grosso decretou o período proibitivo do fogo entre 1º de julho e 30 de outubro e declarou emergência ambiental entre maio e novembro de 2022 pelo risco de propagação de focos de incêndio em áreas rurais.

Aviso de Cookies
Nós e terceiros selecionados usamos cookies ou tecnologias semelhantes para fins técnicos e, com o seu consentimento, para outros fins, conforme especificado na Política de Cookies. Negar o consentimento pode tornar os recursos relacionados indisponíveis. Você pode consentir com o uso de tais tecnologias usando o botão “Aceitar”.