VOLTA ÀS AULAS - Colaboradores da UHE Sinop têm a oportunidade de estudar dentro do canteiro de obras

Publicado em 31 de Agosto de 2017 ás 13h 02min

A formação vai desde a alfabetização até o ensino médio e profissionalizante em pedreiro de alvenaria

foto: Assessoria de Imprensa

Escola construída no canteiro tem três salas de aula, biblioteca e laboratório de informática (foto: Assessoria de Imprensa)

A partir desse mês os colaboradores da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop que não concluíram os ensinos Fundamental e Médio poderão finalizar os estudos a distância e também em aulas que serão ministradas dentro do canteiro de obras. É que, em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi), a Construtora Triunfo instalou, anexo ao refeitório do alojamento, uma unidade escolar. A empresa foi contratada pela Concessionária da UHE Sinop, a Companhia Energética Sinop (CES) para executar as obras civis, fornecimento eletromecânico e montagem da Usina.

O Programa de elevação de escolaridade na Usina Hidrelétrica terá um formato inovador, por meio da Educação Básica articulada com o Ensino Profissional (EBEP), que consiste na parceria entre o Sesi e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para a formação na Educação Básica ofertada pelo Sesi e, ao mesmo tempo, na Educação Profissional ofertada pelo Senai.

A supervisora de Educação do Sesi de Sinop, Cintia Britos, explica que, com as duas formações, o trabalhador tem a oportunidade de conquistar dois certificados. “Os trabalhadores da usina, que esperaram tanto tempo, enfim terão a oportunidade de estudar e também se qualificar para o trabalho, com o curso de pedreiro de alvenaria”, explica ela.

Duas turmas de alfabetização serão atendidas pelo programa com aulas presenciais. Para isso, a unidade escolar conta com três salas de aula, biblioteca e laboratório de informática. Já os trabalhadores que irão cursar o Ensino Médio, irão fazê-lo na modalidade a distância, por meio da Plataforma SesiEduca com a mediação de tutores.

A psicóloga Organizacional da Construtora Triunfo, Janete Machado, explica que os trabalhadores passarão por um teste de nivelamento antes de começar a estudar. “Com o teste saberemos em qual série o trabalhador começará a estudar neste ano. Mas, independentemente se as aulas serão presenciais ou a distância, todos receberão o certificado de conclusão e terão o mesmo acompanhamento”, afirmou, referindo-se aos professores, que serão contratados pelo Sesi.

Para o motorista de transporte Wagner de Oliveira Preto, de 34 anos, poder concluir os estudos é o que vai lhe possibilitar alcançar melhores colocações no mercado de trabalho. “Tive que escolher entre estudar e trabalhar quando era mais novo, mas agora, poder trabalhar e estudar dentro do local de trabalho é muito bom. Vou aproveitar essa oportunidade, com certeza”, garantiu o colaborador que irá cursar o Ensino Médio. Paulino Jesus Almeida, 56 anos, diz que é um privilégio a oportunidade de poder concluir o Ensino Fundamental. “Será difícil, porque vamos chegar cansados do dia de trabalho, mas todos devem vencer isso e aproveitar a oportunidade. Nunca é tarde para a gente se formar”, afirmou o colaborador que irá cursar o 6º ano.

O privilégio também é grande para quem está envolvido na execução do projeto, como afirma a gerente do Sesi de Sinop, Edina Scheid. “É muito bom ver a satisfação dos alunos ao ler uma frase simples ou fazer um cálculo, que é algo que já faz parte do nosso dia a dia. É muito gratificante ensinar os adultos e, ao mesmo tempo, poder aprender com eles”, disse, explicando ainda que para garantir a presença dos alunos e que todos concluam os estudos, cada turma terá três padrinhos, que irão incentivar os estudos.

O diretor de Engenharia e Construção da CES, Rui Feijão, explica que até o final das obras civis da UHE Sinop, o Empreendimento irá investir em educação. “Nosso objetivo é um índice zero de analfabetismo no Empreendimento. Dessa forma, todos terão oportunidades de crescimento nesta Usina ou em qualquer outra obra que venham trabalhar no futuro”.

Assessoria de Imprensa

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.