PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO – UHE Sinop realiza exposição itinerante

PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO

Ação já foi desenvolvida em Cláudia, Itaúba e Sinop. Nos próximos dias e em setembro públicos de Ipiranga do Norte e Sorriso receberão exposição (foto: Assessoria de Imprensa)

Os municípios da área de abrangência da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop estão tendo a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o patrimônio arqueológico da região. É que a empresa Archaeo Pesquisas Arqueológicas, contratada pela Concessionária da Usina, a Companhia Energética Sinop (CES), tem realizado a exposição “Arquivo Cultural Itinerante: Entre a História e a Memória – Tradições Mato-grossenses e Sulistas” nos municípios de Cláudia, Ipiranga do Norte, Itaúba, Sinop e Sorriso.

A ação, que faz parte do Programa de Prospecção e Resgate do Patrimônio Arqueológico e Educação Patrimonial da UHE Sinop, foi realizada no início do mês em Cláudia, Itaúba, no Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) 12 de Outubro e no Projeto de Assentamento Wesley Manoel dos Santos. Nos próximos dias a comunidade de Ipiranga do Norte e em setembro o público de Sorriso conhecerá a exposição.

Conforme explica a coordenadora de Socioeconomia da CES, Cirlene Furini, foram expostos banners mostrando os bens acautelados, valorados, registrados e tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “A exposição foi pensada visando favorecer as relações de afetividade e estima inerentes à valorização e preservação do Patrimônio Cultural”.

As exposições já realizadas foram abertas ao público, de maneira que a comunidade da área de influência da Usina pode ver vestígios arqueológicos de vasilhas com pinturas e ornamentações, madeira fossilizada, pontas de flechas feitas de pedra e osso, além de banners com conteúdos temáticos sobre a cultura sulista radicada nos municípios da região, instrumentos musicais do Siriri e Cururu, vestimentas e artefatos associados às celebrações e festividades mato-grossenses, artesanato indígena e fotografias sobre Arte Rupestre do Mato Grosso.

Para a diretora da Escola Nossa Senhora Aparecida Educandário, de Itaúba, Cleuza dos Santos, a ação foi uma novidade para muitos alunos, que puderam conhecer um pouco da cultura passada e também a sulista e mato-grossense. “Todos tiveram muito interesse em conhecer o material, que inclusive foi apresentado pela equipe da UHE Sinop com muita atenção. Os alunos puderam vivenciar um pouco do que foi essa região no passado”.

Ainda, devido ao objetivo de instigar o conhecimento acerca do Patrimônio Cultural e o campo da preservação e valorização dos bens culturais, a exposição também traz o Patrimônio Arqueológico identificado e resgatado na área de implantação da UHE Sinop.

Assessoria de Imprensa

EnglishFrenchPortuguese