RESERVATÓRIO – UHE Sinop implanta estação de monitoramento sismológico

Estação está instalada próxima ao canteiro de obras e monitoramento será de ocorrências antes e após o enchimento do lago

foto: Assessoria de Imprensa

Estação irá monitorar as possíveis atividades sísmicas da região de abrangência do futuro reservatório da Usina (foto: Assessoria de Imprensa)

Está em funcionamento desde o último início desse mês de junho a estação sismológica da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. Instalada em um ponto estratégico, a uma distância de aproximadamente sete quilômetros do canteiro de obras, essa estação irá monitorar as possíveis atividades sísmicas da região de abrangência do futuro reservatório da Usina.

Conforme o geofísico do Observatório Sismológico (Obsis) da Universidade de Brasília (UNB), responsável pelos estudos, Juraci Carvalho, a estação foi instalada antes do enchimento do reservatório para que seja possível fazer um comparativo da possível ocorrência de atividades sísmicas nessa fase e depois do enchimento. “Esse trabalho é comum durante o processo de construção de usinas hidrelétricas”, completa.

O coordenador dos Meios Físico e Biótico da Concessionária da UHE Sinop, a Companhia Energética Sinop (CES), Paulo César Sado, explica que este monitoramento sismológico será contínuo ao longo das etapas de implantação e operação do Empreendimento. “Cabe registrar, no entanto, que os resultados desse monitoramento nos primeiros anos de operação da UHE Sinop possibilitarão a avaliação da necessidade ou não de sua continuidade ao longo de toda a vida útil do Empreendimento”, complementa, informando que essa ação está prevista no Programa de Monitoramento Sismológico do Projeto Básico Ambiental (PBA) da UHE Sinop.

Assessoria de Imprensa

EnglishFrenchPortuguese