Parceria da Sinop Energia e Bombeiros reduz a zero os focos de calor em 2017

Imprensa

16/05/2018

Agora, projeto de Brigadas implantadas por meio de cooperação entre a Sinop Energia, Corpo de Bombeiros Militar e Prefeituras concorre a prêmio de programa do Ministério do Meio Ambiente

O trabalho das Brigadas Municipais Mistas de Incêndio de Sinop e Cláudia, implantadas por meio de cooperação entre a Sinop Energia, Concessionária da Usina Hidrelétrica Sinop, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso e as Prefeituras de Cláudia e Sinop surtiu grandes e positivos resultados. Em 2017, os focos de incêndio nestes municípios foram reduzidos a zero. O coronel Paulo Barroso, comandante do Batalhão de Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, explica que o resultado foi possível com atuação direta no combate aos focos de incêndio. “A Brigada foi criada para dar resposta aos incêndios florestais, no entanto, mais de 77% do tempo de atuação foi na prevenção ativa. Um instrumento criado para dar resposta e ampliar a capacidade do Corpo de Bombeiros de atender incêndios, atuou na prevenção. Foi por conta da integração de esforços, tanto nosso quanto da Sinop Energia, e por conta do trabalho preventivo que nós alcançamos esse resultado de reduzir a zero o número dos focos de calor”, explica.

O resultado foi levado pelo Corpo de Bombeiros e as Secretarias Municipais de Meio Ambiente em forma de artigo, que agora submete-se ao prêmio da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), programa do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que objetiva estimular os órgãos públicos do País a implementarem práticas de sustentabilidade. Em abril, o analista ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Paulo Roberto Raiz, esteve em Sinop onde conversou com as direções das escolas e integrantes do projeto e conheceu a comunidade, procedimento necessário para avaliação do prêmio que acontece em junho deste ano. “Estou vendo que realmente a iniciativa tem sido muito importante, os resultados alcançados os levaram a serem um dos finalistas do prêmio. Mostrou para a comissão avaliadora que é uma das prováveis merecedoras do prêmio. Zerar os focos de incêndio no ano passado foi um resultado fantástico”, afirmou.

O resultado recebeu destaque, pois contrariou estatísticas do Estado. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), apenas em setembro de 2017, Mato Grosso registrou o maior número de focos de calor dos últimos dez anos, conforme explica o comandante. “Vale destacar que em 2017, foi um ano em que em todo o País foi registrado o maior índice de foco de calor de todos os tempos, desde que começou a medição, em 1998”, relatou. O projeto disputa o 7º Prêmio da A3P tendo como concorrentes instituições como o Tribunal de Contas da União e a Prefeitura de Porto Alegre (RS), ambas finalistas na mesma categoria.

BRIGADAS MUNICIPAIS MISTAS

Criadas em 2015, as Brigadas têm o objetivo de atuar na prevenção, controle e combate a incêndios florestais nas áreas urbana e rural de Cláudia e na área florestal do Projeto de Assentamento (PA) Wesley Manoel dos Santos, a Gleba Mercedes V, em Sinop. Por meio desta cooperação, a Sinop Energia disponibilizou veículos, uniformes, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), entre outros materiais que auxiliam anualmente nas ações de combate às queimadas nos dois municípios. Cada Brigada funciona com uma caminhonete, um caminhão Auto Bomba Tanque Florestal (ABTF) e seis brigadistas, que foram capacitados pela equipe do Corpo de Bombeiros. A Sinop Energia investiu cerca de R$ 46 mil para o funcionamento das brigadas, com período previsto de três meses, sendo prorrogado se necessário.

 

Assessoria de Imprensa

Olá Eu sou a joana!

Tem alguma dúvida? Clique aqui!

joana maior